Pai faz pedido à Disney para usar Homem-Aranha na lápide de filho e é negado; confira detalhes

Pai faz pedido à Disney para usar Homem-Aranha na lápide de filho e é negado; confira detalhes

O pequeno Ollie Jones, de apenas quatro anos e grande fã da Marvel, morador de Maidenstone, Kent, faleceu por conta de uma doença genética em 2018. Seu funeral teve o tema do Homem-Aranha, o super-herói favorito do menino, que havia passado seu último feriado na Disney, para conhecer seu ídolo. Após o funeral, Lloyd Jones, pai do menino, pediu ao conselho da cidade que o permitisse colocar a imagem do Homem-Aranha na lápide do filho; o conselho, no entanto, sugeriu que Lloyd procurasse a Walt Disney Company, já que os direitos do personagem da Marvel pertencem à ela.

O funeral de Olly Jones, com a temática do Homem-Aranha, tinha balões nas cores do herói – Reprodução/METRO

Porém, a Disney negou o pedido do pai. Segundo a empresa, foi instaurado pelo próprio Walt Disney que “nenhum personagem da Disney deve ser exposto em cemitérios, urnas funerárias, lápides ou memoriais.” Além disso, a Disney se esforça para “manter a inocência e a magia de seus personagens, que trazem tanta alegria à crianças como Ollie.”

Chocado, Lloyd Jones deixou claro o quanto a decisão da Disney chateou à ele e toda a família. “Não faz sentido pra mim. Personagens morrem o tempo todo nos filmes deles. Acho que isso tudo é por causa do dinheiro.”

Uma petição online, realizada por um antigo amigo de escola de Lloyd, está no ar angariando assinaturas para tentar fazer a Disney mudar de ideia. Além disso, a firma de construções Gallaghers, de Maidenstone, já se ofereceu para doar uma lápide do Homem-Aranha se a permissão for alcançada.


Siga nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter YouTube.