A Estrada para o Ultimato | Capítulo 14 – Doutor Estranho

O filme de Stephen Strange não somente introduz o personagem mas também a Joia do Tempo ao MCU

A Estrada para o Ultimato | Capítulo 14 – Doutor Estranho

O Doutor Estranho não foi o primeiro nem será o último personagem a pingar de estúdio em estúdio até finalmente estrear nas telonas. Tudo começou em 1986, quando a New World Pictures começou a desenvolver um filme do mago supremo com base no roteiro de Bob Gale. Sem sucesso, em 1989 foi a vez de Alex Cox e o próprio Stan Lee escreverem em conjunto um roteiro de um filme solo do herói para a Regency, que quase aceitou produzi-lo. Em 1992, quem entrou no páreo foi Wes Craven, que assinou um contrato com a Marvel para um filme de Strange feito com distribuição da Savoy Pictures.

Assim como todos os outros, o projeto não foi adiante e a Columbia Pictures entrou no jogo em 1997 e comprou os direitos do personagem para um filme encabeçado por Jeff Welch. Quatro anos se passaram sem a Columbia dar andamento ao projeto e a propriedade foi parar na mão da Dimension Films, que escolheu David S. Goyer para dirigir um longa, porém naquele mesmo ano, a Miramax adquiriu os direitos de uso e Goyer abandonou o filme. Até que a Paramount Pictures comprou em 2005 os direitos do Miramax e o filme foi finalmente para o guarda-chuva da Marvel Studios, que segurou o personagem por muito tempo mas que deu a luz a um filme do mago supremo no melhor momento possível do seu universo cinematográfico.

Foi uma cena de 12 páginas de Stephen lutando contra um inimigo no plano astral enquanto tenta salvar seu corpo físico em um hospital que deu a Scott Derrickson a cadeira de diretor do filme, dando início à pré-produção de Doutor Estranho em junho de 2014. “Foi bacana trabalhar em algo mais positivo e não ter minha cabeça mergulhada em algo tão obscuro por muito tempo. Mas foi também estranhamente similar por causa da natureza similar do filme”, revelou Derrickson à época fazendo uma comparação entre o longa e seus filmes de terror.

Apesar da diferença, o diretor costumava usar, em suas palavras, “personagens reais e drama real interpretados por bons atores para encontrar o fantástico” em seus filmes de terror e com Doutor Estranho não foi diferente, tanto é que o escolhido para o papel principal foi Benedict Cumberbatch, estrela de filmes como Star Trek: Além da Escuridão, O Jogo da Imitação e o seriado Sherlock, que era tão desejado para o papel que fez a Marvel Studios alterar seu cronograma de produção para encaixar com a sua agenda.

Após sofrer um grave acidente de carro e perder o movimento das mãos, o aclamado neurocirurgião Stephen Strange está insatisfeito com a evolução do seu tratamento e infeliz por estar, por conta disso, incapacitado de exercer sua profissão. A solução que o doutor vislumbra é deixar tudo para trás, até mesmo sua amada Christine Palmer, e ir em busca de uma cura alternativa. Todos os caminhos o levam a Jonathan Pangborn, um paraplégico que depois de uma longa viagem recuperou completamente os movimentos de seu corpo. Ao encontrar Pangborn, este revela a Strange que seu próximo destino deve ser o Kamar-Taj, um local secreto em Catmandu, Nepal.

Ao chegar no Kamar-Taj, Strange tem seu ceticismo colocado à prova ao ter seu corpo levado ao plano astral pela Anciã, chefe do local e professora de uma legião de magos que protegem os três sanctums da Terra com o objetivo de impedir que fanáticos da Dimensão Negra, liderados por Dormammu, tomem os sanctums e levem o nosso planeta para a escuridão total. Mal sabia Strange que um dos fanáticos de Dormammu era Kaecilius, poderoso ex-aprendiz da Anciã que já havia tomado o sanctum de Londres.

Apesar da dificuldade em lidar com os ensinamentos da Anciã e desenvolver suas habilidades com a magia depois de nove meses de treinamento, Stephen decide correr o risco e abrir um dos livros sagrados exclusivos de sua professora. Nele, o mago descobre como usar o Olho de Agamotto, antigo artefato portador da Joia do Tempo, capaz de fazer o que estiver a sua frente voltar ou avançar no tempo. Porém, é o ato de desobediência do Doutor Estranho que permite com que os magos salvem os sanctums de Nova York e Hong Kong e ameacem de verdade os planos de Dormammu e seus fanáticos.

Como é de se esperar, Doutor Estranho é um espetáculo visual. A Industrial Light & Magic (ILM), uma das maiores empresas de efeitos visuais do mundo, fundada por George Lucas e adquirida pela Disney com a compra da Lucasfilm, fez um trabalho exímio no filme não apenas para representar como nos quadrinhos o plano astral, a Dimensão Espelhada e a Dimensão Negra, como para mostrar cidades inteiras sendo dobradas e distorcidas, algo muito parecido com o que é visto em A Origem, do diretor Christopher Nolan. Um filme como esse não seria possível em uma época diferente, ele demorou para chegar mas chegou no tempo certo, pois sem a tecnologia que temos hoje, uma obra como essa estaria facilmente no panteão dos filmes galhofas de super-heróis.

É interessante ver como o filme consegue, além de transmitir o espírito dos quadrinhos do personagem de forma visual, também mostrar as claras inspirações das HQs em sua história. Misturando elementos narrativos de arcos famosos do mago como Doutor Estranho: O Juramento, Doutor Estranho: Shamballa e do run de Stan Lee e Steve Ditko à frente do personagem, desde sua criação em 1963 até a saída de Ditko da Marvel por conflitos criativos em 1966.

O grande destaque vai para a introdução da Joia do Tempo em Doutor Estranho, que faz da Joia a quinta a ser introduzida no Universo Cinematográfico Marvel e a última a ser apresentada ao público antes do fatídico Vingadores: Guerra Infinita, filme que introduz apenas a Joia da Alma, a última das seis necessárias para completar a Manopla do Infinito de Thanos. Também vemos em Vingadores: Guerra Infinita que Doutor Estranho acaba se tornando o guardião do sanctum de Nova York – como havia desejado a Anciã antes de morrer por um ataque de Kaecilius –, e por conta disso é o primeiro a receber a informação de Bruce Banner de que Thanos estava chegando na Terra.

O Doutor Estranho barganhou, cinco joias já se foram e A Estrada para o Ultimato continua amanhã com Guardiões da Galáxia Vol. 2.


Siga nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter YouTube.

Compartilhe: