A Estrada para o Ultimato | Capítulo 6 – Os Vingadores

Filme consolidou sucesso o Universo Cinematográfico Marvel.

A Estrada para o Ultimato | Capítulo 6 – Os Vingadores

Fraseando Nick Fury, diretor da SHIELD, “havia uma ideia de reunir um grupo de pessoas extraordinárias, para que quando precisássemos delas, elas travassem as batalhas que nós não conseguíssemos. Era chamada de Iniciativa Vingadores”.

Já estabelecidos no Universo Cinematográfico Marvel, estava na hora dos heróis mais poderosos da Terra se unirem em Os Vingadores, o primeiro grande filme da Marvel Studios, que facilmente se tornaria o primeiro do estúdio a passar a marca de 1 bilhão de dólares em faturamento. As primeiras ideias para um filme dos Vingadores, na verdade, começaram a surgir nove anos antes, quando Avi Arad ainda era o CEO da Marvel Studios, mas as peças só começaram a se encaixar em outubro de 2008, poucos meses depois do sucesso de Homem de Ferro, quando Robert Downey Jr. (Tony Stark) assinou contrato para o longa.

Em fevereiro de 2009, foi a vez de Samuel L. Jackson (Nick Fury) assinar um acordo de nove filmes com a Marvel Studios, incluindo Os Vingadores. Já em março do mesmo ano, foi a vez de Scarlett Johansson (Viúva Negra) acordar sua participação no filme, juntamente com Homem de Ferro 2. Em junho, Chris Hemsworth (Thor) e Tom Hiddleston (Loki) acertaram seus retornos. Em 2010, foi a vez fecharem contrato Chris Evans e Jeremy Renner. O único ator original que não voltou em Os Vingadores para interpretar seu personagem foi Edward Norton (Hulk), uma decisão da própria Marvel Studios que, nas palavras do produtor Kevin Feige, “precisava de um ator que abraçasse a criatividade e o espírito colaborativo dos outros membros do nosso talentoso elenco”.

Em resposta, o agente de Norton disse que a declaração de Feige havia sido “propositalmente enganosa” e uma “tentativa inapropriada de colocar seu cliente como vilão”, porém muitos anos depois, em 2014, o ator declarou que foi sua a decisão de nunca mais fazer o Hulk porque ele queria mais diversidade em sua carreira e não queria ser associado a apenas um personagem. Definitivamente, uma história muito controversa, a qual dificilmente saberemos a verdade. Felizmente, o ator Mark Ruffalo assumiu o personagem no filme, fazendo um trabalho para lá de superior ao de Edward Norton.

Novamente, o Tesseract é o centro das atenções no Universo Cinematográfico Marvel. Loki já estava de olho no cubo cósmico desde os acontecimentos do filme do Thor e agora vem à Terra com ajuda dos Chitauri para roubá-lo das mãos da SHIELD. Não restam alternativas a Nick Fury diante de uma tragédia como essa senão colocar em ação a Iniciativa Vingadores para resgatar o Tesseract de volta e impedir que os Chitauri destruam o planeta.

Para a sorte da SHIELD, o cubo emite radiações gama que o tornam possível de rastrear, mas somente por alguém que entende de radiações gama, que é o caso de “um certo doutor” chamado Bruce Banner, que faz com que a SHIELD envie a Viúva Negra para Calcutá para procurá-lo. Já o agente Coulson, que já havia dado as caras em Homem de Ferro, Homem de Ferro 2 e Thor, vai ao encontro de Tony Stark para pedir reforço. Por fim, cabe a Nick Fury convocar Steve Rogers para a missão. Com o time formado, a procura por Loki começa.

Porém, a equipe ainda não estava completa. Clint Barton, que estava sob o controle de Loki, estava em Stuttgart, na Alemanha, com o vilão em busca de irídio, afim de tentar neutralizar o Tesseract. Para completar o sexteto, Thor chega à Terra com o objetivo de levar seu irmão de volta à Asgard e acaba ajudando a SHIELD a prender Loki, mas é aí que o vilão mostra porque ficara conhecido, ainda nos escritos nórdicos, como o deus da trapaça e da travessura.

Já que o vilão estava preso, Loki começa a persuadir os Vingadores pouco a pouco a ponto deles duvidarem da própria causa. É a máxima literária da linha tênue entre heróis e vilões: do ponto de vista do vilão, ele é o herói e os heróis são vilões. Fazer com que os heróis destruam a si mesmos os tornam seus próprios vilões, uma força antagônica mais forte do que qualquer vilão de fato. Ao descobrir que, na verdade, o Tesseract estava sob o domínio da SHIELD pois a organização queria utilizá-lo para energizar diversas armas de destruição em massa, segundo Nick Fury, contra ameaças extraterrestres.

Devido a esse conflito, Bruce Banner não resiste e acaba se transformando no Hulk, destruindo o porta-aviões da SHIELD e consequentemente permitindo a fuga de Loki, que mata o agente Coulson ao deixar a própria cela. Porém, Loki não previu que, apesar de ter conseguido fazer os Vingadores se separarem, foi a morte de Coulson que os convenceu a trabalhar juntos novamente, agora para proteger Nova York dos Chitauri, que conseguiram chegar à Terra graças a Loki em liberdade.

O resto da história, todos nós já conhecemos. Os Vingadores se unem para uma batalha épica em plena Manhattan com direito a show off do Homem de Ferro, “Hulk esmaga!”, e todo aquele espetáculo visual que só a Disney, que naquele momento já era dona da Marvel Studios, conseguiria fazer e que consolidou esse filme como um dos maiores filmes da história do cinema até os dias atuais, elevando os Vingadores ao grupo de heróis mais querido do público, facilmente superando os já consolidados X-Men e Quarteto Fantástico.

Porém, o fim da chamada Fase 1 da Saga do Infinito do Universo Cinematográfico Marvel, marcado pelo lançamento de Os Vingadores, não foi apenas o final de um arco na história desse universo fictício, mas sim a confirmação do início de uma Era de Ouro para os heróis no cinema, que não só influenciou a Marvel Studios como também diversas outras empresas e propriedades, que começaram a partir daí a desenvolver seus projetos de filmes em universos compartilhados, como a Warner com os heróis da DC Comics e até mesmo a Universal com o chamado Dark Universe, universo compartilhado de monstros como a Múmia e Frankenstein.

Os Vingadores mudou completamente os rumos do Universo Cinematográfico Marvel e os elevou a um novo patamar. Vamos conhecer a sua Fase 2 n’A Estrada para o Ultimato a partir de amanhã com o controverso filme Homem de Ferro 3.


Siga nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter YouTube.

Compartilhe: