James Gunn é demitido pela Disney e não comandará “Guardiões da Galáxia Vol. 3”

James Gunn é demitido pela Disney e não comandará “Guardiões da Galáxia Vol. 3”

Segundo informa o THR, o diretor cineasta James Gunn foi demitido pela Disney após ser acusado de apologia ao estupro e a pedofilia. Um grupo de  partidários do presidente Donald Trump, trouxe à tona vários tweets comprometedores do diretor.

O presidente da Walt Disney Studios, Alan Horn, se pronunciou em comunicado:

“As atitudes e declarações ofensivas descobertas no feed do Twitter de James são indefensáveis ​​e inconsistentes com os valores de nosso estúdio, e nós rompemos nosso relacionamento comercial com ele”, disse.

Antes de deletar sua conta no Twitter, Gunn se pronunciou sobre as acusações e mencionou que é uma pessoa totalmente diferente daquela que publicou tais mensagens há anos atrás.

Leia os tweets clicando aqui.

A Disney deve anunciar em breve quem deve ser o substituto. O filme deve estrear em 2020.