Games | Assassin’s Creed não volta a receber novos jogos anuais após Origins

Nova estratégia da Ubisoft promete engajar jogadores com menos games e mais conteúdo.

Games | Assassin’s Creed não volta a receber novos jogos anuais após Origins

Bem recebido entre jogadores, Assassin’s Creed: Origins deve mudar consideravelmente a forma como a Ubisoft planeja o lançamento de novos jogos durante o ano.

Em uma sessão de perguntas e respostas com investidores, Yves Guillemot, CEO da empresa, e Alain Martinez, diretor financeiro, afirmaram que a companhia deverá focar em um número menor de lançamentos de alta qualidade e com mais conteúdo, ao invés de lançar múltiplos títulos em um só ano.

A série Assassin’s Creed deve ser uma das grandes impactadas pela nova estratégia, deixando de receber grandes novos títulos anuais – como ocorreu entre os anos de 2009 e 2015, quando a série principal teve oito games lançados.

Com a decisão de entregar mais conteúdo para cada título através de expansões, Origins já está próximo de registrar o dobro das vendas de Assassin’s Creed: Syndicate, título anterior da série, além de ter um número bem maior de compradores de seu passe de temporada. A Ubisoft não divulgou números, no entanto.

O que estávamos tentando transmitir como mensagem é que o fato de nosso catálogo e nossos serviços oferecem tanto benefício para a empresa está nos liberando da obrigatoriedade [de volume] que tínhamos no passado“, afirmou Martinez, ressaltando que um catálogo de “dois jogos e meio” por ano tem oferecido melhores resultados à companhia.

 

Acompanhe nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter YouTube.